Notícias

RECOMEÇO ANO 2020

Um mês se passou e nossas atividades já revelam bem-estar, intencionalidade educativa e presença alegre e de qualidade.

 AMABILIDADE E ALEGRIA DE SER "SALESIANAS BARBACENA"

 

Em nosso mundo, em nossas famílias, com quem nos rodeia, sempre havemos de ser amáveis. Sobretudo com as crianças e os jovens. Há que pedir essa amabilidade como um dom. E elevá-la, tornando uma virtude. Mais: através de gestos que favoreçam a comunicação e o relacionamento, deve brilhar evidente o amor de Deus. Mas tudo começa com uma palavra gentil, um detalhe sutil, delicado, cortês. Amável!

 

 

Já São Paulo, em sua Carta a Timóteo, considerava a amabilidade importante, recomendando que todos os cristãos fossem amáveis com todos. Amável, pois, é a pessoa que, por seu modo de ser afável, gentil, solícito e afetuoso, é digna de ser amada.

Dom Bosco – como ‘pedagogo’ do jovem – sabia por experiência que não basta amar. A “caridade pedagógica” pede mais: exige “fazer-se querer bem, isto é: saber traduzir o amor em atitudes de bondade e amabilidade; numa metodologia de amizade; na familiaridade do diálogo; e na alegria do viver juntos” (cf. ACS 310, pp. 11-12).

Trata-se, afinal, de “fazer-se querer bem”, o que é o resultado de uma espiritualidade e de uma metodologia apostólica particularmente originais.

Este continua sendo o desejo de Dom Bosco para a Família Salesiana e um aspecto fundamental da sua proposta educativa: entre os jovens, “cuide de ser benquisto”. A amabilidade produz paz. É contagiosa. Tem o poder de “desarmar os corações”. Em outras palavras: a cortesia tem a capacidade de libertar os outros de emoções negativas. É que perante um gesto aprazível, o outro se desarma. O outro se tranquiliza.

Temos a certeza e o prazer de viver esses dons com vocês que escolheram estar conosco em 2020. Um mês se passou e a graça de Deus não nos faltará!